DESLIGUE O COMPUTADOR E VÁ LER UM LIVRO

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Sumiço

Estava foragido. Sem inspiração pra alimentar o blog (confesso que triste por causa do Curíntia) e em uma correria lascada. Mas, agora "tamo aí", de volta.


Deixo de quebra um texto do Marcelo Camelo, feito relaxadamente/poeticamente à uns tempos atrás. Quando leio os textos dele e do Bruno Medina, me dá uma saudade lascada dos Los Hermanos.


"E eu que já não sou assim, muito de ganhar, levo as mãos ao meu redor. Faço o melhor que sou capaz só pra viver em Paz".


Um comentário: