DESLIGUE O COMPUTADOR E VÁ LER UM LIVRO

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Brasileiro reclama mas não vê o que faz

Brasileiro sempre teve mania de reclamar dos seus governantes.

Reclamava dos administradores das Sesmarias e das Capitanias Hereditárias, dos Governadores Gerais e dos Imperadores. Reclamava dos Presidentes da Velha República, dos militares, de Sarney, de Collor, de Itamar, de FHC e de Lula... Não reclamaram de Tancredo Neves porque morreu antes da posse!


Neste ano teremos novos prefeitos, novos vereadores... Ou os mesmos! Mas o povo vai continuar reclamando. Sabe por quê? Por que o problema não está somente nos deputados, senadores, presidente, governador, prefeito, vereadores ou funcionários públicos... O problema está naquele que reclama: você e eu. O Problema está no Brasileiro.


Um povo que aplaude o vencedor do Big Brother, mas não sabe o nome de um escritor brasileiro? Um povo que admira o pobre que fica rico da noite para o dia? Ri quando consegue puxar Tv a cabo do vizinho? Sonega tudo que pode e, quando pode, sonega ate o que não pode? O que esperar de um povo que não sabe o que é pontualidade? Joga lixo na rua e reclama pela sujeira? O que esperar de um povo que não valoriza leitura? O que esperar de um povo que finge dormir quando um idoso entra no ônibus? Prioriza o carro ao pedestre? O que dizer de um povo que elege Maluf de novo? O Clodovil, o Collor, isso para não citar nossos governantes mais próximos e deputados estaduais...


O Problema do Brasil não são os políticos, são os brasileiros!

Os políticos não se elegeram! Fomos nós quem votamos neles.

Político não faz concurso, ganha votos... o seu e o meu!


Então, reclamar do que?

4 comentários:

ZEPOVO disse...

Vc abordou um assunto muito sério e delicado. Está falando dos costumes de um povo, da cultura e do que está " embutido" em cada um de nós.
Somos uma Nação jovem, talvez nossa cultura ainda não tenha amadurecido. Nossa história, os imigrantes e a esperteza de outros povos contribuiram para que o brasileiro ache que tudo "lá fora" é melhor, o que não é verdade.
Nunca lutamos com sangue por nossa terra, a independência foi suave e as revoluções sem muitos traumas para a maioria absoluta do povo.
Não quero resumir assunto tão delicado com minha modesta opinião, mas acho que os primeiros passos
seriam:
Amar o Brasil, não ter vergonha de ser brasileiro e ter coragem para apanhar um pouco quando tivermos que sair às ruas para colocar alguma autoridade no lugar certo!

tita coelho disse...

Masi que certo teu texto, meu querido! Gostei muito da afirmativa, o problema do Brasil são os brasileiros!!
beijos

Leeh ♥ disse...

Caralho Adoreii esse seu texto!!!!
PARABENS!!

Michel Queiroz disse...

Grato, leeh!

como vc achou o blog?